fbpx

Desafios do agronegócio em 2020

Desafios do agronegócio em 2020

As perspectivas para o agronegócio no ano de 2020 são otimistas. No entanto, o fato é que os empresários do setor devem enfrentar muitos desafios. De fato, a conjuntura político-econômica pode dificultar o escoamento da produção.

Entre esses fatores, podemos mencionar prováveis altas do dólar em um cenário de guerra comercial entre EUA e China. Outros fatores estão relacionados ao mercado interno, como a falta de mão de obra qualificada.

Com o intuito de falar mais sobre o assunto, apontamos os principais desafios que o setor de produção de alimentos deve enfrentar neste ano que se inicia. Prossiga na leitura para saber mais!

Desafios do agronegócio em 2020 #1: a guerra comercial entre EUA e China

A guerra comercial entre esses dois países começou no ano de 2018, gerando reflexos negativos na economia mundial.

No entanto, no dia 15 deste mês, as duas potências resolveram entrar em acordo para tentar resolver suas diferenças e acalmar os ânimos dos mercados.

Esse acordo prevê uma série de obrigações de ambos os países, os quais se comprometem a comprar determinadas quantidades de produtos um do outro.

Somente para exemplificar, a China se comprometeu a importar 200 bilhões de dólares em produtos advindos dos EUA. Destes 200 bi, 32 seriam destinados à compra de produtos agrícolas.

E é justamente essa parte do acordo que tem preocupado os produtores brasileiros.

Isso porque, no ano de 2019, a China foi um dos principais parceiros comerciais do Brasil.

Entre os principais produtos comprados pelos chineses, temos as carnes de frango e de boi, a soja, o café e a celulose.

Com as novas obrigações da China, os produtores brasileiros esperam que haja uma queda considerável na compra desses produtos, em especial da soja.

Desafios do agronegócio em 2020 #2: alta do dólar

Atualmente, o dólar está em alta, chegando a R$ 4,19. Esse aumento do valor está relacionado à redução das taxas de juros no Brasil.

Mas como o aumento constante do preço do dólar pode prejudicar o agronegócio? Porque ele preocupa tanto os produtores?

Essa preocupação está relacionada ao os custos da produção. Isso ocorre por que os insumos necessários aos produtores precisam ser importados.

Em outras palavras, com a alta da moeda americana, temos também insumos mais caros. Em última instância, esse fator tende a encarecer o processo produtivo.

Por outro lado, os economistas chamam atenção para o fato de que esse aumento dos custos da produção pode ser recompensado pelas receitas conseguidas com as exportações.

Isso porque, em casos de alta da moeda estadunidense, o preço das exportações brasileiras também se eleva.

Entretanto, com a instabilidade político-econômica gerada pela guerra comercial entre EUA e China e o conflito dos americanos com o Irã, os produtores temem dificuldades de escoamento da produção.

Desafios do agronegócio em 2020 #3: os desafios do mercado interno

Estagnação econômica

O desemprego em massa e a crise de governabilidade por que passa o país impedem melhorias na economia interna.

A estagnação do consumo, em conjunto com a alta de preços de alguns produtos, leva as famílias a evitarem a compra de certos itens, como a carne. E isso tem impactos diretos sobre o agronegócio.

Falta de mão de obra

No campo, a dificuldade dos empresários é encontrar mão de obra qualificada para lidar com as novas tecnologias empregadas na produção.

Entre os postos de trabalho que carecem de candidatos, podemos mencionar o de tratoristas, operadores de máquinas agrícolas, motoristas de caminhões mais modernos e profissionais da informática.

Outro problema que afeta boa parte dos trabalhadores do campo é o analfabetismo.

Hoje, sabe-se que cerca de 70% dessa mão de obra não sabe ler ou escrever, o que dificulta ainda mais o trabalho.

Sustentabilidade

Atualmente, os consumidores estão mais preocupados com as questões relativas ao meio ambiente. No caso específico do Brasil, essa é uma questão ainda mais relevante.

De fato, os últimos incêndios na Amazônia deixaram o mundo em estado de alerta, levando muitos consumidores a se perguntar sobre a procedência dos produtos que compram no supermercado.

Ademais, a ausência de uma política ambiental no atual momento tem levado alguns países a ameaçar as exportações brasileiras com rígidas sanções.

Agronegócio: um setor em pleno crescimento

Mesmo com todas as dificuldades a que nos referimos acima, o fato é que esse setor deve continuar crescendo nos próximos anos.

De fato, economistas apontam que o PIB do agronegócio pode crescer até 3% no ano de 2020, de acordo com a CNA. Por isso, deve-se evitar também o alarde acerca dos possíveis obstáculos encontrados pelo setor.

E você, sabe de mais algum desafio a ser enfrentado pelos produtores brasileiros este ano? Comente

Comentários