fbpx

Retrospectiva do agronegócio em 2019

O agro em 2019 passou por diversos momentos transformadores que foram importantes para esse setor, quer relembrar de tudo que aconteceu durante o ano passo? Fique atento nesse antigo.

Sabemos que durante os 12 meses de um ano muita coisa pode acontecer e ser mudada e isso não foi diferente dentro do segmento do agronegócio, já que diversas coisas aconteceram.

Desde acordo que foram bastante importantes, pois estavam sendo feitos durante muitos anos, até o fechamento de tratados simbólicos e únicos, o agro em 2019 conseguiu se destacar positivamente.

Quer saber quais foram os principais pontos do agro em 2019? Continue atento nos tópicos a seguir.

Agro em 2019: tudo o que você precisa relembrar sobre esse assunto

Foi durante 2019 que esse setor conseguiu abrir 26 novos mercados de produtos exportados para 16 outros países que é um mercado em quase U$ 9 bilhões por ano.

1 – Acordo Mercosul com a União Europeia

Foi um momento histórico para o agronegócio brasileiro, já que esse acordo foi aguardado durante 20 anos.

Foi em 28 de junho de 2019 que o Mercosul e a União Europeia finalmente finalizaram, em Bruxelas, o acordo que estabelece o comércio entre esses blocos.

Devido a esse acordo haverá modernização e o aumento de competitividade da agricultura no Brasil.

É responsabilidade desse acordo, 82% das exportações agrícolas do território nacional passarão a entrar nos países europeus com a tarifa zero durante o período de dez anos.

Antes que esse acordo fosse de fato uma realidade, era necessário a aprovação de todos os parlamentos tanto dos países da União Europeia, como também pelos países do Mercosul.

2 – Acordo EFTA e Mercosul

Outro acordo importante para o agro em 2019 foi entre o Mercosul e o EFTA.

Esse acontecimento ocorreu em agosto, quando após dez rodadas finalmente foi possível concluir as negociações do acordo que permite comércio livre entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA).

Esse é o bloco que tem os seguintes países: Islândia, Suíça, Noruega e Liechtenstein.

A rodadas duram desde de janeiro de 2017 quando tudo começou.

Esse é um acordo que proporciona acesso de preferência para os produtos principais exportados pelo nosso país do segmento agrícola.

Sendo assim, haverá a concessão do acesso livre de tarifas, ou também por meio de quotas e outras categorias de concessões parciais.

Foto: PixaBay

3 – Reforma Tributária e a Lei Kandir

Esse também é um tema importante do agro em 2019 que irá se estender entre os principais tópicos de 2020, que é a proposta para revogar a Lei Kandir.

O objetivo é proporcionar a solução da perda de arrecadações dos Estados, dessa forma, a PEC 42/2019 será capaz de conseguir extinguir a Imunidade do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços de Transporte e Comunicação (ICMS).

Há o impacto negativo de cerca de R$ 47,8 bilhões.

4 – Brasil, China e o melão

Já durante novembro, o agro em 2019 foi marcado quando Brasil conseguiu finalizar um acordo com a China que permitiu a viabilização da exportação de melão para esse país asiático.

A contrapartida foi que os chineses passarão a realizar vendas de peras para o mercado brasileiro.

Esses protocolos sanitários conseguiram ser firmados após uma reunião bilateral com o presidente do Brasil e o presidente da China, que aconteceu dentro da XI Cúpula do Brics, na capital do país.

Se trata de um acordo simbólico, já que se trata do primeiro acordo com a China sobre frutas.

Foto: Alan Santos / PR Alan Santos/PR

5 – Encontro do Brics

Aconteceu também o Brics onde uma carta com 27 itens reiterando todo comprometimento no setor de agrícola entre os países que fazem parte desse grupo.

Gostou desse artigo? Compartilhe-o!

Comentários