fbpx

Tudo sobre a Nota Fiscal Eletrônica de Produtor Rural

A nota fiscal eletrônica de produtor rural é uma realidade que se aproxima. Como o agricultor deve agir?

Falaremos aqui somente dos produtores rurais do Estado de São Paulo

Com a nota fiscal eletrônica, os produtores rurais vão agregar valores de gestão financeira, assim como terão mais transparência e agilidade nas transações comerciais.

Por ser uma mudança significativa, e que implica nas atividades habituais do setor agrário, o assunto é cercado de dúvidas.

Para saber mais, acompanhe esse artigo que explana todas as informações necessárias. Confira:

A importância da nota fiscal eletrônica para o produtor rural

A nota fiscal eletrônica veio para facilitar o controle de operação da compra e venda de mercadorias. A sua importância se dá, tanto para a Receita Estadual quanto para o produtor rural.

Em relação à Receita Estadual, o novo procedimento de emissão de notas reduz custos por operações, diminui processos e sonegações. Também aumenta a confiabilidade de dados, assim como as arrecadações tributárias.

Para o produtor rural, a modalidade traz comodidade, tendo em vista que antes o produtor rural precisava imprimir seus talões de nota fiscal. Os mesmos poderiam ser extraviados ou até rasurados.

As vantagens se estendem a quem compra e quem vende, pois, a nota eletrônica circula por e-mail, e fica armazenada no ambiente virtual.

A substituição da nota fiscal em papel para eletrônica é mais um uma conquista da evolução do setor rural, juntamente com desenvolvimento da agricultura.

A atenção com preenchimento correto

Considerando a implantação de um sistema novo, obrigatório, que os produtores rurais não estão acostumados, algumas prefeituras e Sindicatos Rurais, bem como órgãos que regem o setor, estão preocupados com o preenchimento correto das notas fiscais eletrônicas.

Com isso, estão ofertando treinamento para emissão do documento. Preencher corretamente os dados na nota fiscal implica a garantia de direitos e deveres do produtor nas operações comerciais.

Também se trata de uma identificação do produtor rural para emissão de serviços na web, além da emissão de declaração ao tesouro. Por isso, qualquer erro pode ocasionar má interpretação no fisco.

CNPJ ou CPF, como emitir a nota fiscal eletrônica?

Para emitir a nota fiscal eletrônica de produtor rural, no caso de pessoa física, deve possuir certificado digital (E-CNPJ).

Dessa forma, não é preciso ir até o site da Secretaria da Fazenda do estado em questão, para emitir a nota como era antes. O produtor que já tem CNPJ faz a emissão normalmente. Existem vários sistemas muito práticos para a emissão desta nota. Inclusive a Lastro emite essas notas gratuitamente para os seus clientes.

Nota Fiscal Eletrônica de Produtor Rural para recuperação de créditos ICMS

Tendo em conta que a nota fiscal eletrônica vai registrar todas as operações do produtor em sua atividade agrícola, inclusive desde os insumos onerados pelo ICMS, em alguma compra, o documento servirá também como garantia para a recuperação de crédito do imposto.

Para que não haja nenhum empecilho, ou desentendimento com os órgãos fiscalizadores, e o agricultor possa enfim gozar dos benefícios do crédito do ICMS, este deve contar com profissionais capacitados em administrar tais processos.

A Lastro, por exemplo, é especialista na recuperação de créditos do ICMS para produtores rurais pessoa física, além disso, faz emissão de nota fiscal eletrônica, elabora parecer tributário, realiza auditoria do livro-caixa, entre outros.

Há 14 anos no ramo do agronegócio, resolvendo questões financeiras dos produtores rurais, a Lastro já conquistou mais de 500 clientes. Dessa forma, também é capaz de gerir os seus negócios com total eficiência.

Portanto, se ainda restar dúvidas quanto a emissão de nota fiscal eletrônica de produtor rural, ou outras questões financeiras, a Lastro pode te ajudar nisso.

Comentários